domingo, 2 de outubro de 2011

"Sou Transformista, Mereço Respeito"

A peça "Sou Transformista, Mereço Respeito", que ficou em cartaz durante todo mês de setembro no Teatro XVIII, Pelourinho, estenderá as apresentações por mais um mês, com sessões durante todas as quartas-feiras do mês de outubro, sempre a partir das 20h.

O espetáculo retrata a história de nove transformistas, ressaltando passagens importantes de suas vidas e focando na escolha e na paixão pela arte da performance.

Com direção de João Figuer, "Sou Transformista, Mereço Respeito" conta com um elenco formado por profissionais que fazem shows há mais de 15 anos.

| Serviço |

Evento: Espetáculo Sou Transformista, Mereço Respeito
Onde: Teatro XVIII Pelourinho
Quando: 5, 12, 19 e 26 de outubro, às 20h
Entrada: R$5 (preço único)

Fonte:http://www.atarde.com.br/cultura/noticia.jsf?id=5771035

RESUMO

Hollanda, Heloísa Buarque de. CULTURA, RECURSO PARA O DESENVOLVIMENTO. Disponível em: . Acesso em: 24.10.08

Hollanda em seu artigo “Cultura, Recurso para o Desenvolvimento” o fenômeno intitulado “humanidade excedente” é um dos fatos mais alarmante desse inicio de século, principalmente nos países em desenvolvimento.

A autora coloca que no Brasil, a população que vive em favelas ou “aglomerados subnormais” cresceu 45% nos últimos anos. É com este aumento das desigualdades sociais e econômicas e os altos índices de miséria que o uso da cultura se tornou um fator de desenvolvimento nas favelas e comunidades.

Para Hollanda a cultura é um valor a ser preservado em sua diversidade e pluralismo e o investimento deve ser visto como prioritário para o fortalecimento da fibra social e, conseqüentemente, para o desenvolvimento político e econômico.

Desta forma, a comunidade reivindica esta cultura, pois além de ser um direito básico de todo cidadão é identificada como uma das grandes carências destas comunidades. Por isso é um fator estratégico para qualquer projeto de transformação social.

A autora cita algumas prioridades que são estabelecidas nessas ações culturais. Uma delas é a conquista de visibilidade para as comunidades por meio da divulgação intensiva da informação sobre a condição de vida nas favelas, os desejos e as demandas dos habitantes destas comunidades. Em segundo lugar, a formação de atores na área da cultura e do desenvolvimento da capacidade de se situar no mercado de trabalho, desenvolvendo uma pedagogia de formação do empreendedor engajado.

A partir destas constatações, Hollanda conclui, que observando o quadro político-cultural das favelas brasileiras fica clara a importância da multifuncionalidade das práticas culturais no mundo.

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

SOU TRANSFORMISTA. MEREÇO RESPEITO.

O espetáculo “Sou Transformista. Mereço Respeito.” retorna aos palcos soteropolitanos, desta vez, no Theatro XVIII, no Pelourinho. Em cartaz durante as quintas-feiras de setembro, sempre às 20h, a peça traz fragmentos da história de nove transformistas, com passagens importantes de suas vidas diante da escolha pela arte, performance e pelo crossdressing.

O elenco é formado por profissionais que fazem shows há mais de 15 anos, lutando para manter viva esta paixão em Salvador, cidade de muitos credos, cores, alegrias e tristezas. Ousado e inovador, o “Sou Transformista. Mereço Respeito.” tem como objetivo resgatar a cena underground, alternativa e LGBT, fazendo uma grande homenagem ao trabalho destes artistas.

Temas como preconceito e os baixos cachês pagos pelos shows realizados dão o tom da peça, que estreou, com casa lotada, no Teatro da Livraria Cultura em 2010, por iniciativa do site Dois Terços. Agora, em cartaz durante todo o mês de setembro no Theatro XVIII, a segunda temporada do “Sou Transformista. Mereço Respeito.” promete emocionar e divertir o público durante todo o mês de setembro, às quintas-feiras.

SOU TRANSFORMISTA. MEREÇO RESPEITO.

Onde: Theatro XVIII (Rua Frei Vicente, 18 - Pelourinho) | (71) 3322-0018
Quando: Todas as quintas de setembro
Valor: R$ 5 (preço único)

http://www.theatroxviii.com.br/destaque_ler.asp?codigo_destaque=99

Peça Transmetropolis discute transexualidade


A peça “Transmetrópolis”, que conta a história de uma travesti um pouco em crise depois que seu marido anuncia que vai fazer cirurgia de readequação sexual.

A trama propõe uma discussão de temas relacionados à diversidade sexual misturando em uma peça só questões sobre readequação sexual de transexuais, os problemas comuns a todo casal e ainda a trajetória de “libertação” de um homem que diz não ser mais homossexual, o famoso ex-gay.

Os destinos se entrelaçam em um jogo de sexo e amor fazendo o público acompanhar a história da travesti Shirley, interpretada pelo ator transformista Valerie O'rarah, enlouquecida com a recente decisão de seu marido, que já ficou com o ex-gay.

O público é defrontado com questões como: uma travesti - que geralmente se envolve com homens que tem comportamento heterossexual - vai continuar casada com um homem que vai virar mulher? Será que a sexualidade das pessoas é fixa? Hétero é sempre hétero para toda a vida? Gay é sempre gay? Uma pessoa trans vai mesmo ter um comportamento heterossexual quando a operação for concluída?

SERVIÇO

O quê: Projeto Destravando – Espetáculo Teatral Transmetrópolis
Quem: Soudessa Companhia de Teatro – elenco: Valécio Santos, Henrique Bandeira, Marcus Lobo e Jean Carlos
Quando: 10, 17, 18, 24 e 25 de setembro* (sempre aos sábados (20h) e domingos (19h))
*O espetáculo não acontece no dia 11/9 (domingo), dia da Parada Gay de Salvador.
Onde: Rua Francisco Ferraro, nº53, Nazaré
Quanto: R$10 (inteira), R$5 (meia)



http://mixbrasil.uol.com.br/print/ODM2ODQ=
http://www.doistercos.com.br/peca-transmetropolis-continua-circulo-de-debates-sobre-sexualidades/

terça-feira, 13 de setembro de 2011

ATIVIDADES

Algumas das atividades que elaborei para minha turma de EJA - Atividades que envolve o nome do aluno, Calendário, Decomposição de Números, EPI's.

http://www.megaupload.com/?d=5PJE14I1

domingo, 10 de julho de 2011

4ª Turma Recursal condena Americanas.Com a indenizar consumidora por cobranças indevida

4ª Turma Recursal condena Americanas.Com a indenizar consumidora por cobranças indevida

A Americanas.Com S/A deve pagar R$ 2 mil para R.A., que sofreu cobranças após cancelamento de compra. A decisão, da 4ª Turma Recursal do Fórum Professor Dolor Barreira, foi proferida nessa quarta-feira (29/06).

Consta no processo que R.A. adquiriu, em outubro de 2006, dois vídeo-games na Americanas.Com. O objetivo da costureira era montar uma locadora. O pagamento dos aparelhos foi feito com cartão de crédito, em 12 parcelas de R$ 128,69.

Porém, apenas um dos equipamentos eletrônicos foi entregue, mas como a embalagem estava violada e sem nota fiscal, ela devolveu ao entregador. A cliente já havia pago cinco parcelas e a mercadoria não era enviada, mesmo com as diversas ligações para a empresa.

R.A. foi ao Decon e solicitou o cancelamento da compra e a devolução dos valores pagos. O estorno foi feito, mas na fatura de abril de 2007 a Americanas.Com passou a cobrar uma compra parcelada em 12 vezes de R$ 68,64, que a consumidora assegurou desconhecer. A primeira dessas prestações foi coberta pelo estorno e a segunda foi paga, inadvertidamente, pela cliente.

Depois disso, a costureira fazia o pagamento da fatura descontando as parcelas cobradas pelo site de compras, o que gerou encargos no cartão. Sentindo-se prejudicada, ela ingressou com ação de reparação moral e anulação da compra contra a Americanas.com e o Itaú Banco de Investimento S/A (responsável pelo cartão).

Em contestação, a loja virtual defendeu que a responsabilidade pela cobrança foi da administradora do cartão. Em audiência de conciliação, realizada em agosto de 2008, o Itaú fez acordo e foi excluído da ação.

Em março de 2009, o Juízo da 1ª Unidade do Juizado Especial Cível e Criminal (JECC) da Comarca de Fortaleza condenou a Americanas.Com a pagar R$ 2 mil. A empresa ingressou com apelação (nº 189-53.2007.8.06.0013/0) junto às Turmas Recursais, pedindo a reforma da sentença. Alegou que "tão logo recebeu a solicitação de cancelamento da compra solicitou à administradora de cartão de crédito responsável o estorno da cobrança".

Ao julgar o recurso, a 4ª Turma manteve, por unanimidade, a decisão de 1º Grau. "O que se percebe nos autos é um ato unilateral por parte da recorrente (Americanas) ao cobrar por uma obrigação que a mesma não cumpriu, sendo esse ato condenado veementemente em nossa legislação pátria e jurisprudência, as quais prezam por um equilíbrio nas relações de consumo, reconhecendo a vulnerabilidade do consumidor", afirmou no voto o relator do processo, juiz Joaquim Vieira Cavalcante Neto.

Fonte: TJCE - Tribunal de Justiça do Ceará - 01/07/2011

http://www.endividado.com.br/noticia_ler-29392,4a-turma-recursal-condena-americanascom-indenizar-consumidora-por-cobrancas-indevida.html

domingo, 29 de maio de 2011

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Cuidado com a Americanas.com

Sempre fui a favor das compras pela internet e sempre utilizei este serviço, mas em dezembro meu marido comprou meu presente na americanas.com e até hoje não recebi. Eu estou indignada com o descaso desta empresa e peço que leia esses dois informativos abaixo antes de fazer qualquer compra neste site.

Campeões de Reclamação: Submarino, Americanas, ....

Segundo estudo da MITI Inteligência, empresas de telefonia e lojas virtuais lideram as reclamações de consumidores na internet

A MITI Inteligência realizou um estudo inédito sobre reclamações de consumidores na internet. Foram monitoradas mais de 17 mil interações, entre os dias 30 de dezembro e 3 de janeiro. Tantos nas redes sociais quanto nos sites de reclamações, as principais críticas dos consumidores foram a respeito de atraso nas entregas e falta de qualidade no atendimento – nas redes, as palavras mais mencionadas foram atraso, falta de respeito e enrolação.

Nos sites de reclamação monitorados – Reclamão, ReclameAqui, NuncaMais e Denuncio -, as empresas de telefonia e e-commerce dominam o ranking de críticas. Submarino, Americanas.com e Oi Telefonia estão entre os mais denunciados nos quatro canais. Outras que tiveram um volume grande de reclamações foram Tim, Claro, Vivo, Net, Shoptime e Mercado Livre.

“É fundamental que as empresas monitorem essas reclamações de consumidores, tanto nos canais específicos quando nas redes sociais. Com qualificação e quantificação das informações obtidas, é possível aplicar ações de melhorias e sentir como o planejamento está refletindo no consumidor”, afirma Elizangela Grigoletti, gerente de inteligência e marketing da MITI Inteligência.

Em comparação aos meios tradicionais de reclamação, como o site do Procon ou da Anatel, os sites como ReclameAqui e Denuncio são menos burocráticos. Por serem considerados mídias sociais, o buzz gerado sobre as marcas é muito mais significativo, mas pode ser tanto negativo quanto positivo. “Quando a empresa se omite, a reclamação reverbera nas redes. Mas quando há resposta à reclamação e solução para os problemas do cliente, esses sites também informam os usuários, gerando melhoria na imagem da marca e de seu atendimento ao consumidor”, explica Elizangela.

Além de garantirem a satisfação daquele indivíduo que fez a reclamação, a resposta rápida e efetiva às denúncias feitas nesses canais ajuda a empresa a restabelecer sua imagem e também o seu relacionamento com os clientes inseridos na rede social em questão. “É uma estratégia de inteligência defensiva, para que os usuários compartilhem boas indicações a respeito da marca e continuem consumindo da empresa apontada”.

Sobre a MITI Inteligência

Com dez anos de atuação, a MITI Inteligência (miti.com.br) possui uma completa rede de monitoramento, através de plataformas de rádio e TV – Só Clipping, mídias sociais – postX e mídias online, segmento no qual é líder nacional com a plataforma Clipping Express.

Em 2010, passou também a oferecer soluções em inteligência de mercado aos seus clientes, utilizando suas bases tecnológicas para apuração, cruzamento e análise de dados. Os estudos e pesquisas desenvolvidos fornecem informações estratégicas para auxiliar as empresas na tomada de decisões institucionais e competitivas.

http://www.direitolegal.org/noticias-gerais/nunca-foi-tao-facil-reclamar/

Por atraso nas entregas Americanas.com proibida de fazer novas vendas no Rio

RIO - A Americanas.com ficará impedida de realizar novas vendas no Estado do Rio até que regularize todas as entregas atrasadas. O pedido do Ministério Público do Estado do Rio foi acolhido nesta quarta-feira pela desembargadora Helda Lima Meireles, da 5ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça, e passará a valer assim que a empresa for intimada oficialmente. A multa fixada pelo TJ, caso a decisão seja descumprida, é de R$ 20 mil.

- A decisão estimula investimento para uma mudança de prática, para que passem a vender quando tenham condição de cumprir. O que parece é que o volume de vendas na internet cresceu muito e as empresas estão vendendo mesmo sabendoque não têm condição de entregar - diz o promotor Júlio Machado, titular da 1ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Defesa do Consumidor e do Contribuinte da Capital.

A coluna Defesa do Consumidor, do GLOBO, registra atualmente mais de 500 reclamações contra a Americanas.com, por atraso de entrega.

Machado deu entrada numa ação civil pública contra a Americanas.com em janeiro, depois de uma enxurrada de reclamações sobre atrasos de entrega no fim do ano. A primeira liminar, obtida pelo Ministério Público, obriga o estabelecimento de prazo preciso para a entrega e que o consumidor seja informado sobre essa data apenas fornecendo seu CEP.

O pedido foi feito, explica o promotor, porque o site estava obrigando o consumidor a fazer um cadastro prévio de compra para saber o prazo de entrega. Quem tiver problemas com entrega pode encaminhar queixa ao MP que será integrada à ação. A decisão estabelece ainda multa de R$ 500 por cada violação. O valor é direcionado ao Fundo de Direitos Difusos, cujos recursos são aplicados em projetos ambientais, educacionais e outros de interesse da sociedade.

- Vários sites de venda, principalmente no fim do ano, não conseguiram cumprir o prazo de entrega prometido. Isso virou uma bola de neve. E levou à Americanas.com ao topo da lista de mais reclamadas em vários sites e também no MP. Só em um deles há cerca de 30 mil queixas - diz o promotor.

Consultada, a Americanas.com diz que não comenta processos em andamento.

http://oglobo.globo.com/economia/mat/2011/05/25/americanas-com-proibida-de-fazer-novas-vendas-no-rio-924539888.asp

quarta-feira, 23 de março de 2011

Vou sentir saudades ....

Sobre o Professor. Jô Soares

O material escolar mais barato que existe na praça é o professor!
Se É jovem, não tem experiência.
Se É velho, está superado.
Se Não tem automóvel, é um pobre coitado.
Se Tem automóvel, chora de "barriga cheia'.
Se Fala em voz alta, vive gritando.
Se Fala em tom normal, ninguém escuta.
Se Não falta ao colégio, é um 'caxias'..
Se Precisa faltar, é um 'turista'.
Se Conversa com os outros professores, está 'malhando' os alunos.
Se Não conversa, é um desligado.
Se Dá muita matéria, não tem dó do aluno.
Se Dá pouca matéria, não prepara os alunos.
Se Brinca com a turma, é metido a engraçado.
Se Não brinca com a turma, é um chato.
Se Chama a atenção, é um grosso.
Se Não chama a atenção, não sabe se impor.
Se a prova é longa, não dá tempo.
Se A prova é curta, tira as chances do aluno.
Se Escreve muito, não explica.
Se Explica muito, o caderno não tem nada.
Se Fala corretamente, ninguém entende.
Se Fala a 'língua' do aluno, não tem vocabulário.
Se Exige, é rude.
Se Elogia, é debochado.
Se O aluno é reprovado, é perseguição.
Se O aluno é aprovado, deu 'mole'.

É, o professor está sempre errado, mas, se conseguiu ler até aqui,
agradeça a ele!


Achei na net ... E amei!





quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Deficiências

Deficiente é aquele que não consegue modificar sua vida,
aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive,
sem ter consciência de que é dono do seu destino.
Louco é quem não procura ser feliz com o que possui.
Cego é aquele que não vê seu próximo morrer de frio,
de fome, de miséria.
E só têm olhos para seus míseros problemas e pequenas dores.
Surdo é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um
amigo, ou o apelo de um irmão.
Pois está sempre apressado para o trabalho e
quer garantir seus tostões no fim do mês.
Mudo é aquele que não consegue falar o que sente e
se esconde por trás da máscara da hipocrisia.
Paralítico é quem não consegue andar na direção
daqueles que precisam de sua ajuda.
Diabético é quem não consegue ser doce.
Anão é quem não sabe deixar o amor crescer.
E, finalmente, a pior das deficiências é ser miserável, pois
Miseráveis são todos que não conseguem falar com Deus.
A amizade é um amor que nunca morre.

(Extraído do dicionário particular de Mário Quintana)

domingo, 23 de janeiro de 2011

O Centro Do Universo - Cascadura


"Se tudo deu errado foi por culpa dela!"
Mesmo ela estando a te escutar
Jamais dividiu se quer uma parcela dos bons dias que os dois podem lembrar
Não se conforma que um novo Amor a arrebatou e a levou pr'outro lugar
Diz que nunca mais quer ver a cara dela
Mas na verdade tudo o que ele quer ver
É o impossível acontecer
Ela voltar e lhe dizer
Que tudo não passou de um grande engano seu

E assim vê se passar um dia a mais em vão
E assim vai atravessar uma noite em claro, então
Assim vai envelhecendo sem nunca aprender
Que ninguém é o Centro do Universo, não

A cada instante uma lembrança lhe revela
Faltava muito pouco pra mudar
Mas muito orgulhoso, quis pular mais essa
Fez que fez, deixou continuar
A mágoa que isso, enfim, lhe causou
O tomou e não vai mais lhe abandonar
Pois como ele disse: "Tudo é culpa dela!"
Não há nada que o faça se arrepender
E admitir que ele perdeu
Alguém que amava por não ter
Admitido cada engano que era se

Elnora - Cascadura


Remexendo nas gavetas das memórias de outrora
Encontrou o que a fez chorar
O retrato amarelado do homem que ainda adora
E que partiu sem se entregar

Pegou as cartas de um falso amor,
Os livros, discos, flor por flor
Guardou num cesto de solidão
E se livrou do que a fez sofrer

Decidiu recomeçar tudo de novo, agora
Tornar a se encantar
Pode haver alguém que a espera paciente, lá fora
Em quem possa confiar


Cascadura - Mesmo Eu Estando Do Outro Lado (Fábio Magalhães)


Pode crer que a nossa história ainda faz muito sentido
Quero ficar contigo
Por isso que eu te liguei

Sei que estando tão distantes não nos damos abrigo
E isso é um perigo
Se quer suponha que eu não sei

Ainda sou o mesmo cara que fala de Amor
Sem ter vergonha, nem medo, mostrando quem sou
Ao revirar minha cabeça encontrei a canção
Que é tudo o que eu quero ouvir: "Me and You"
Mesmo eu estando aqui do outro lado

Pode ser que num reencontro não seja mais isso
Nem esse compromisso
Ainda assim quero te ver

Eu tenho andado distante de tudo e de todos
Meus dias vão correndo e você entrou em meu sonho
É quando o rádio me avisa onde é que eu estou
Com tudo que eu posso ouvir: "Me and You"
Mesmo eu estando aqui do outro lado.

Pode crer que a nossa história ainda faz muito sentido
Quero ficar contigo
Por isso que eu te liguei


http://www.vagalume.com.br/games/complete/print.php?pointerID=3ade68b7g61b0aea3&print=print#ixzz1BsyyrfVI